Rhodesian Ridgeback

Rhodesian Ridgeback

Rhodesian Ridgeback

Origem: África do Sul. Com uma longa crista simétrica de pêlos no dorso (eles nascem em direção contrária ao resto da pelagem), o Rhodesian Ridgeback, conhecido também por African Lion Hound, originou-se na África do Sul, no século 18, com os fazendeiros Boers.

Nos séculos 16 e 17, holandeses e alemães migraram para a África com cães Dinamarqueses, Mastiffs e Bloodhounds.

No início do século 18, a imigração européia foi fechada e as raças de cães européias começaram a cruzar com os Hottentots (cães nativos, selvagens e utilizados para a caça), originando os Rhodesians.

Porte: Grande

Características: Musculoso, ativo, resistente e rápido, o Rhodesian Ridgeback chama a atenção pela sua pelagem dourada e brilhante e pela sua grande agilidade e perseverança.

Ótimo caçador de leões e sempre fiel aos Boers (nativos descendentes de colonizadores holandeses) durante as caçadas, tornou-se hoje um excelente cão de guarda e companheiro.

Quando filhote, o Rhodesian é muito trapalhão e irriequieto. Adora brincar, fazer buracos e subir em cima dos sofás da casa.

São companhias ideais para jovens e pessoas ativas. Quando cresce, e isso não demora muito para ocorrer, ele se torna um cão mais calmo e compreensivo, adaptando-se facilmente a novos animais.

Mesmos quando esses “intrusos” são gatos. Já com pessoas estranhas, ele é muito reservado. Não chega a ser agressivo, mas não confia em qualquer um que entre na casa.

Como cão de caça, ele dificilmente late e gosta de sempre estar próximo ao dono. É obediente e aprende rápido.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedintumblrmail

Deixe uma resposta