Persa

Persa

Persa (foto: wikipedia)

História

A história desta raça tem início no século XVII, quando um viajante italiano chamado Pietro Della Valle passou pela Pérsia (atual Irão) e trouxe consigo alguns dos belos gatos que andavam pelas ruas locais. Ao chegar a Itália, imediatamente esses gatos ganharam a simpatia das pessoas devido a sua pelagem macia e brilhante.

Porém, a moderna raça persa surgiu somente no século XIX, quando esses gatos criados na Itália foram levados a Inglaterra, onde sofreram cruzamentos com gatos da raça angorá. Logo em seguida foi feito um trabalho de melhoramento genético visando se obter maior variedade de cores e padrões de pelagem. Há hoje mais de 100 diferentes combinações de cores para gatos dessa raça, variando desde o branco neve até o malhado (casco de tartaruga).

Características físicas

As características do gato Persa são inconfundíveis. Ele é aquele gato com o rosto achatado, o pelo longo, sedoso e felpudo, para o qual existem mais de 100 variações de cores! Suas orelhas são arredondadas e pequenas, os olhos também são redondos e de cores brilhantes. Suas patas são redondas, curtas e musculosas, e seu rabo é curto e muito peludo. Com relação ao achatamento excessivo do rosto, as associações de felinos em todo o mundo impuseram limites à reprodução desses tipos, pois vários problemas de saúde se tornaram decorrentes dessa característica. O achatamento excessivo do rosto trouxe principalmente problemas respiratórios, nasais, infecções oculares, problemas neurológicos e deslocamentos no maxilar. Recomenda-se a aquisição de um Persa sem achatamento excessivo do rosto, que é identificado pela ponta do nariz mais alta que a extremidade inferior dos olhos.

Comportamento

Os seus miados são baixos e discretos, por isso são ótimos gatos para apartamentos e locais pequenos. São gatos carinhosos, apegados ao dono e dóceis. São preguiçosos e pouco ativos, podendo ficar horas dormindo ou repousando em um lugar aconchegante.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedintumblrmail

Deixe uma resposta