Doenças mais comuns em canários


Canário Belga

Canário Belga (foto: zdnet.com)

A acariasis nas patas do nosso canário é também outra condição comum nestas aves que se deve à falta de higiene na gaiola. Reflete-se quando o nosso animal de estimação apresenta crostas e feridas nas suas patas, que podem levar a uma deformação e inclusive à morte. Daí que a limpeza da gaiola do nosso canário seja tão importante.


Os parasitas intestinais também são comuns nos canários, ocorrendo muitas vezes, quando os recipientes da comida e da água do animal não se encontram devidamente limpos. É importante ressaltar que os mesmos devem ser mudados e limpos diariamente, para evitar esta condição.

As amostras de manchas brancas nas fezes do nosso canário, a perde de apetite e de peso e a sonolência constante são alguns dos sintomas desta condição.


Devemos ter o nosso canário ao ar livre, num jardim ou terraço ou muito perto de uma janela, mas é importante colocar a gaiola corretamente e longe de correntes de ar, desta forma conseguimos prevenir uma das doenças mais comuns nos canários, a pneumonia.


Outro problema comum que os canários apresentam é a queda repentina das suas penas fora da sua época de mudança. Isto deve-se a uma má higiene da gaiola e também a uma alimentação pobre em nutrientes.

A limpeza periódica da gaiola, e uma alimentação variada e nutrida é a melhor forma de prevenir esta doença.


A coccidiosis é uma das doenças mais perigosas que afetam os canários, pois uma vez que aparecem os sintomas, o animal morre, geralmente dentro de alguns dias, se não receber o tratamento no tempo certo. É produzida por infeção de outros animais, normalmente através da água ou dos alimentos.

É muito importante que a gaiola do canário esteja preparada de forma adequada, para evitar que outras pássaros consigam beber ou comer a sua comida. Uma vez mais, a higiene é fundamental. Os sintomas desta doença são diarreia com sangue, baba no bico e perda de peso.


A colibacilose é também uma condição comum nos canários, que também poderá ser transmitida para o homem. Produz-se quando o nosso pássaro ingere alimentos ou água contaminada.

A falta de energia, o sono e a diarreia de cor verde são os principais sintomas desta doença, que se não for tratada a tempo poderá colocar em risco a vida da nossa ave.


Outras doenças como o crupe, a inflamação do intestino ou os cistos também são comuns nos canários. Lembre-se da importância de cuidar do seu animal, mantendo sempre a limpeza da sua gaiola e os seus alimentos e garantindo-lhe um habitat correto e adequado, a fim de o manter sempre saudável e feliz.


Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedintumblrmail

Deixe uma resposta