Adaptando gatos novos ao seu lar

Parabéns, você tem um novo gato !

Agora, esteja pronto para deixar tudo pronto para recebê-lo em seu lar.

Prepare-se

Antes de qualquer coisa, compre o necessário para a o bichano. Para adaptar gatos novos, tenha:

  • Caminha
  • Potes de comida e água
  • Comida
  • Arranhadores
  • Brinquedos
  • Escova
  • Pipica
  • Caixa da pipica
  • Caixa de transporte

A viagem para casa

Para a viagem é necessário que você tenha uma caixa de transporte boa, limpa e com bastante ventilação.

Nunca deixe-o solto (sem a caixa) no seu carro, ele irá procurar se esconder em qualquer buraco, e isto é muito perigoso para todos !

Durante a viagem, provavelmente ele irá miar muito, mas tente desligar desse som estridente, pois é normal. Ligue um rádio em um volume não muito alto e deixe a viagem rolar naturalmente.

Quando chegar

É muito importante você saber que os gatos odeiam mudanças, e principalmente viagens (curtas ou longas), então quando chegar a sua residência, ele estará bem estressado, fora do seu natural.

Deixe-o em um local fechado, pode ser um quarto ou banheiro, completamente fechado, pois ele tentará fugir a qualquer custo.

Coloque as coisas básicas para ele, como a caixa de pipica (com 3 a 5 cm de pipica), água, comida e uma caminha.

Pode até colocar mais coisas, como brinquedos, mas dificilmente ele estará ligando para isto neste momento.

Deixe ele se familiarizar e explorar toda esta área que foi limitada, ele é de natureza curiosa, então cheirará tudo, e com o tempo, tentará subir nas coisa para ver onde está e o que tem do outro lado da porta (ou janela).

Se ele se esconder embaixo da cama ou atrás de um armário, não o force a sair, ofereça comida e água e deixe que ele sairá com o tempo.

Gatos são muito independentes e desconfiados, só quando se sentirem seguros sairão do seu local de segurança.

Todo este processo poderá demorar alguns dias, não estranhe, é o seu comportamento normal.

As primeiras semanas

Nos primeiros dias ou semanas, de acordo com seu comportamento, vá aumentando a sua área de alcance, começando a deixá-lo se comunicar com outros cômodos da casa, com as pessoas da família. Neste ponto ele começa a se adaptar ao rítmo da sua casa.

É importante sempre deixar aberto o acesso para ele retornar a qualquer momento para seu local seguro, pois quando ele ouvir um barulho estranho ou se sentir ameaçado por algo.

Durante este período vá apresentando os novos membros da família, sejam eles humanos, caninos ou felinos.

No começo é comum acontecer alguma discórdia entre eles, pois os novos tem muito medo e os mais velhos tem ciúmes “daquela coisa” que está invadindo seu território.

Com o passar do tempo as coisas vão se ajeitando… Tenha um cuidado especial com os cães e crianças novas, pois quando um gato se sente acoado ele poderá machucar alguém, porém quanto mais eles forem convivendo estes problemas vão diminuindo.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedintumblrmail

Deixe uma resposta